AVISO: A produção e envio dos produtos disponíveis na Loja apenas será retomado a 18 de agosto.

5 tipos de difusores usados na Aromaterapia

5 tipos de difusores usados na Aromaterapia

Sabias que existem vários tipos de difusores que podes usar na Aromaterapia que potencializam os óleos essenciais? A inalação direta do frasco costuma ser uma das formas mais comuns, mas existem outras táticas.

A Aromaterapia possui muitos benefícios e por isso encontramos vários adeptos que não abdicam desta dose diária para proporcionar bem-estar. Porém, tens de descobrir qual é a melhor forma para ti.

Para ajudar, vamos enumerar alguns dos principais difusores que podes ter na tua casa e aproveitar todos os benefícios destas substâncias!

Tipos de difusores: Conhece 5 que podes utilizar na tua rotina de aromaterapia

Para escolheres o melhor difusor de óleos essenciais é preciso considerares alguns fatores. Como por exemplo, o tamanho do ambiente onde será utilizado, o quanto desejas investir e é claro a preferência pessoal.

É possível encontrar difusores modernos, com preços mais elevados. Mas há também outros mais acessíveis que preenchem perfeitamente as necessidades.

Basicamente, todos possuem a mesma função, o que muda é o processo pelo qual os difusores propagam as moléculas dos óleos essenciais pelo ar.

De seguida, listamos os principais tipos de difusores para que faças a escolha certa!

1 – Difusor em vela

Os difusores em vela geralmente consistem numa base feita em cerâmica. A base recebe as gotas de óleo essencial que são evaporadas pela vela que fica na parte inferior.

Este tipo de difusor é mais recomendado para espaços mais pequenos. Pode servir como objeto de decoração e podes deixá-lo na sala, quarto ou escritório.

Também deixa o espaço mais acolhedor e confortável, pois além do aroma difundido há a chama da vela, que proporciona um clima relaxante.

2 – Difusor pessoal

O difusor pessoal não vai difundir os aromas dos óleos no ambiente, mas é uma opção prática para quem deseja carregar a sua essência favorita.

Estes tipos de difusores são feitos em forma de um colar, com um pequeno recipiente difusor que é suficiente para carregar algumas gotas de óleo essencial.

Existem vários materiais, modelos e tamanhos disponíveis para que possas escolher o difusor pessoal que mais combina com o teu estilo.

3 – Difusor por capilaridade

Os difusores por capilaridade são aqueles que utilizam “pauzinhos”, geralmente feitos de bambu, para espalhar o aroma pelo ambiente.

A evaporação nestes difusores acontece pelo álcool contido na composição do líquido perfumado onde os pauzinhos ficam parcialmente imersos.

São indicados para aromatizar e decorar a casa, com aromas sutis, de efeito prolongado e longa duração.

4 – Difusor elétrico

Este é um dos tipos de difusores mais utilizados e mais prático entre os modelos. Basta adicionares 8 a 15 gotas do teu óleo essencial e conectá-lo a uma tomada.

Consomem pouca energia, são baratos e compactos. Os aromas são difundidos no ambiente através da evaporação promovida pelo calor da eletricidade.

Também são mais adequados para pequenos ambientes a principal desvantagem é que o óleo evapora rapidamente. Isto significa que precisa de ser reposto constantemente, em média a cada 4 horas.

Além disso, difusores que funcionam a calor podem diminuir as propriedades terapêuticas dos óleos.

5 – Difusor ultrassónico

Apesar de ter um preço mais elevado, este é considerado o melhor tipo de difusor. Isto porque mantém as propriedades dos óleos essenciais já que cria a evaporação sem precisar de calor.

Para utilizá-lo deves misturar algumas gostas do óleo em água, a mistura é então submetida a vibrações intensas, que promovem a evaporação. Ou seja, além de difusor, também é humidificador e purificador de ambientes.

Alguns modelos têm uma luz com cores calmantes da cromoterapia que potencializam a ação terapêutica do difusor.

Mas, independentemente dos tipos de difusores que escolheres, certamente irás sentir todos os benefícios dos óleos essenciais na tua vida.

PARTILHA ESTE ARTIGO