Terapias complementares: Como podem ajudar na tua saúde

Terapias complementares: Como podem ajudar na tua saúde

PARTILHA ESTE POST

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram

Tem se falado cada vez mais sobre as terapias complementares e como contribuem para a melhoria da saúde. Apesar do interesse das pessoas ter crescido em relação a este tipo de tratamento, a desinformação ainda é um obstáculo a ser superado.

Isso porque alguns profissionais da medicina convencional ainda resistem em reconhecer a eficácia destas terapias. Mas, felizmente, este cenário tem se alterado aos poucos.

Continua a leitura para conheceres o que são e como atuam estas terapias na procura por uma vida mais saudável.

Terapias complementares: O que são e como favorecem a saúde e bem-estar

Pode-se definir a terapia complementar como uma prática que tem como objetivo prevenir ou auxiliar no tratamento de doenças ou condições adversas de saúde.

Tais práticas têm por base conhecimentos tradicionais, usados de forma integrada à medicina convencional. Contudo, o seu objetivo não é substitui-la! É interessante frisar que as técnicas são reconhecidas pela OMS – Organização Mundial da Saúde.

Nos últimos anos tem aumentado consideravelmente a procura por tratamentos complementares, que podem ser encontrados em diversas modalidades terapêuticas.

Tais abordagens desempenham um papel importante na remissão de sintomas e até mesmo na cura de muitas doenças crónicas.

É importante referir que as terapias complementares são utilizadas em consonância com diretrizes. Podem auxiliar a medicina preventiva em tratamentos de alta complexidade.

As diretrizes que norteiam a terapêutica complementar são:

  • A realização por profissionais especializados, constantemente atualizados
  • O uso de medicamentos homeopáticos e fitoterápicos em concordância com as normas e regulamentos locais
  • A avaliação permanente da eficiência, eficácia, efetividade e segurança dos procedimentos

Algumas das principais terapias complementares e como funcionam

As terapias complementares atuam como mais uma frente de tratamento à procura da melhor solução para determinado quadro clínico.

A equipa de especialistas que indica este método terapêutico considera que o corpo, mente e emoções funcionam de maneira integrada. Por isso, a terapia complementar, quando bem aplicada, pode ajudar a devolver o bem-estar ao paciente.

Para que estes métodos sejam aplicados de forma segura e, realmente eficiente, é preciso procurar ajuda de um profissional. A escolha da prática mais adequada depende do diagnóstico individual.

Portanto, somente um especialista que conhece o teu histórico de doenças, sintomas, medicamentos e até estilo de vida sabe que terapêutica o pode ajudar. Além disso, também será capaz de avaliar se a estratégia está a agir conforme o desejado.

Conhece a seguir algumas das principais técnicas de terapia complementar.

1 – Acupuntura

Tem origem na medicina tradicional chinesa, e caracteriza-se pelo estímulo de pontos distribuídos pelo corpo através de agulhas.

A acupuntura tenta restabelecer o equilíbrio da energia corporal, desbloqueando os pontos que carregam energia nos nossos membros. A dor, na visão da acupuntura, é causada por um desequilíbrio energético.

Ao harmonizar novamente os pontos, esse desequilíbrio desaparece. É eficaz no controlo da ansiedade, insónias e stress.

2 – Homeopatia

Uma das ideias centrais da homeopatia é que as substâncias naturais que podem desenvolver sintomas e doenças, também conseguem curá-las. O chamado princípio da semelhança.

Dessa maneira, considerando o histórico detalhado do paciente, é introduzida uma pequena quantidade de um medicamento para curar um problema. Também atua no restabelecimento e harmonização da energia vital.

3 – Aromaterapia

A base da aromaterapia são os óleos essenciais, extraídos de folhas, flores e até mesmo da madeira. Estes compostos auxiliam a amenizar sintomas e melhorar a saúde e o bem-estar.

São comumente utilizados em difusores, mas em alguns casos podem ser aplicados na pele, utilizados em banhos ou massagens.

4 – Ozonoterapia

Consiste na mistura dos gases de oxigénio e de ozono por diversas vias de administração com finalidade terapêutica para promover a melhoria de diversas doenças.

Existem outros tipos de terapias complementares como fitoterapia, meditação, florais, entre outros. É válido destacar a importância do auxílio de um profissional para que os métodos realmente tragam resultados.

E tu? Já consideraste algumas terapias complementares? Se procuras prevenção e bem-estar estas terapias podem ser a solução. E para além disso ajudam a encontrar o equilíbrio entre a saúde do corpo e da mente.