AVISO: A produção e envio dos produtos disponíveis na Loja apenas será retomado a 18 de agosto.

Será que os óleos essenciais podem ser utilizados em crianças?

O uso de óleos essenciais pode proporcionar diversos benefícios nos bebés e crianças. Temos como exemplo a ajuda num sono mais tranquilo, aumentar o apetite e aliviar problemas respiratórios.

Graças a isto, os pais têm procurado aprender mais sobre a aromaterapia para aproveitar os benefícios e cuidar das crianças de forma mais natural.

Entretanto, antes de utilizá-los, é preciso lembrar que estes óleos são diferentes das essências. Especialmente no que se refere à alta concentração do extrato das plantas.

Por isso, é preciso teres alguns cuidados ao aplicar os óleos essenciais em crianças. Continua a ler e descobre como usar este produto com segurança nos pequenos.

Óleos essenciais: Saiba como administrar com segurança nas crianças

A aromaterapia também é capaz de melhorar a saúde e bem-estar das crianças. Porém, é preciso estares atenta e teres alguns cuidados.

Naturalmente, os pequenos são mais sensíveis. Por isso, utilizares os óleos essenciais de forma inadequada pode gerar reações indesejadas e ser perigoso.

Para aplicares os óleos de forma segura, seja em adultos ou crianças, estes não devem ser aplicados diretamente sobre a pele, pois são altamente concentrados. Os óleos essenciais precisam ser diluídos em óleos vegetais.

A pele das crianças é mais sensível e a absorção dos óleos essenciais tem um efeito mais rápido e forte do que num adulto. Por isso, o uso exagerado pode causar problemas internos na criança (e não somente na pele).

Quanto mais novo o bebé, maior deve ser a diluição do óleo essencial num óleo vegetal (óleo de coco por exemplo).

Por exemplo, para recém-nascidos até os 6 meses deves colocar no máximo 1 gota em 30ml de óleo de coco. Dos 6 aos 12 meses, 1 a 2 gotas e, a partir do primeiro ano de idade da criança, 1 a 5 gotas diluídas em 30 ml.

Vê a seguir outros indicadores:

Dilui-se em 30ml de óleo carreador
IdadeÓleo Essencial
Recém-nascido até 6 meses0 a 1 gota
6 a 12 meses1 a 2 gotas
1 a 4 anos1 a 5 gotas
5 a 7 anos3 a 6 gotas
8 a 12 anos5 a 10 gotas

Alguns tipos de óleos carreadores são mais populares, como o de coco, amêndoa, rosa mosqueta, azeite ou semente de uva. Estes são utilizados para diluir os óleos essenciais principalmente na prática da aromaterapia, massagens e cuidados com a pele.

Com a diluição adequada, os óleos podem ser utilizados para massajar os pés do bebé. Ou utilizá-lo num difusor elétrico de água.

Mesmo seguindo todos estes cuidados, sabe que alguns óleos essenciais não são recomendados para as crianças. É o caso do óleo de canela, cravo, orégano e pimenta preta, que por serem muito fortes podem causar reações alérgicas.

4 tipos de óleos essenciais indicados para os pequenos

Não poderíamos terminar este artigo sem mencionar alguns tipos de óleos essenciais para usares nas crianças. A seguir, listamos 4 dos mais indicados.

1 – Camomila

O mais famoso calmante natural também pode ser usado nas crianças. A sua ação atinge diretamente os sentidos dos pequenos, permitindo uma redução na energia, sem prejudicar a saúde.

O sono não precisa ser estimulado pelos pais porque, após o óleo essencial de camomila, o cansaço chega naturalmente. Uma dica é fazer a massagem Shantala com a substância, para relaxar ainda mais as crianças antes de colocá-las para dormir.

2 – Lavanda

O efeito calmante natural desse óleo é sempre certo. Seja adulto ou criança, todos podem aproveitar a sensação de paz transmitida pela fragrância.

Antes de colocar os pequenos a dormir, borrifa a lavanda no ar e começa a prepará-los para ir para a cama. O aroma permite que a comunicação fique mais fácil e, assim, o momento é ideal para conversar.

A empatia também é estimulada, as pessoas sentem-se mais conectadas e confortáveis.

3 – Eucalipto

O óleo essencial de eucalipto é indicado para o tratamento respiratório, pois é antisséptico e expetorante. Ajuda a secar o catarro e a combater a sinusite. Também é capaz de baixar a febre ao ser usado em compressas frias.

4 – Tangerina

Não é possível falar do óleo essencial de tangerina sem abordar a sua ação positiva no humor. Até mesmo as crianças estão sujeitas a momentos de maior irritação e expressam o efeito negativo dessa emoção deixando os pais angustiados.

Nessas situações, utiliza o aroma fresco da tangerina e o mau humor vai para longe.

Além disso, ajuda na clareza dos pensamentos e na dissipação do stresse, combate a insónia, favorece a respiração e deixa as noites de sono mais profundas e revigorantes.

Para ter ainda mais dicas e recomendações de óleos essenciais para crianças, podes falar diretamente connosco que teremos todo o gosto em ajudar.

PARTILHA ESTE ARTIGO