As 5 linguagens do amor das crianças – Tempo de qualidade

Tempo de qualidade

PARTILHA ESTE POST

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram

Sabes qual é a linguagem preferencial de amor do teu filho?

Se perguntassem aos teus filhos “Como sabes que os teus pais gostam de ti?” o que seria que eles responderiam?

O que fazes que os teus filhos mais apreciam e que mais comunica o teu amor? É o tempo que lhes dedicas, os presentes que lhes dás, a força que lhes transmites, os abraços …. ?

É sobre isto que nos fala Gary Chapman no seu livro As 5 Linguagens do amor das crianças.

Hoje falamos da 2ª linguagem do amor das crianças – Tempo de qualidade.

Muitas crianças privilegiam esta linguagem para sentirem o amor dos pais. Sabemos que é o tempo de qualidade implica presença e conexão. E quando a criança não tem essa atenção e presença o seu tanque emocional fica vazio.

Quantas vezes dizemos que uma criança se porta mal porque quer chamar a atenção?

É isso que acontece, se não sentir o amor dos pais na sua atenção e presença, muitas vezes a criança recorre a formas menos adequadas de pedir atenção pois até a atenção negativa é melhor que nenhuma.

Tempo de qualidade é atenção concentrada e exclusiva. Um tempo de qualidade, com verdadeira presença transmite à criança “és importante para mim. Eu gosto de estar contigo, eu quero estar contigo.” Para estas crianças esta mensagem é fundamental.

O importante desse tempo de qualidade é o facto de fazer coisas em conjunto com eles e não para eles.

Os melhores tempos de qualidade ocorrem quando estamos a sós com os nossos filhos. Podem ser em família, mas uma atenção exclusiva dos pais é MELHOR.

Quando se tem mais do que um filho é indispensável garantir um tempo a sós com cada um.

Se o tempo de qualidade for a principal linguagem do teu filho, se ele não tiver uma boa dose de atenção nunca sentirá o teu amor em pleno.

E não esquecer quando passamos bons momentos com os nossos filhos estamos a criar memórias que perduram a vida inteira.