As 5 linguagens de amor das crianças – Palavras de afirmação

PARTILHA ESTE POST

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram

Sabes qual é a linguagem preferencial de amor do teu filho?

Se perguntassem aos teus filhos “Como sabes que os teus pais gostam de ti?” o que seria que eles responderiam?

O que fazes que os teus filhos mais apreciam e que mais comunica o teu amor? É o tempo que lhes dedicas, os presentes que lhes dás, a força que lhes transmites, os abraços …. ?

É sobre isto que nos fala Gary Chapman no seu livro As 5 Linguagens do amor das crianças.

Hoje falamos da 3ª linguagem do amor das crianças – Palavras de afirmação

As palavras são, meios poderosos de expressão de amor. Mesmo antes da criança perceber a palavra ela já entende a mensagem emocional. A manifestação de afeto e de amor pode sentir-se pelo tom de voz e pela forma como se fala com o bebé, por ex.

Há crianças para quem uma palavra de apreço, de afeto, de reconhecimento, de valorização é a melhor forma de carregar o seu tanque emocional.

Para uma criança com esta linguagem preferencial nada é mais importante para se sentirem amadas do que ouvirem os pais dizer isso exatamente.

As palavras de encorajamento, são essenciais em processos de aprendizagem, Não desistas, tu consegues e parabéns pelo teu esforço…  dão à criança uma sensação de segurança, apoio e acolhimento que lhes transmite o amor dos pais e assim sente mais coragem e motivação.

As palavras de encorajamento são mais eficazes quando se focam em esforços específicos dos nossos filhos.

Quando a linguagem preferencial de amor dos nossos filhos são as palavras de afirmação é também importante percebermos que a um “gosto muito de ti” nunca deverá estar associado uma condição-

Para uma criança com esta linguagem preferencial é esta, palavras de julgamento ou critica constante são muito duras e magoam imenso, mais do que a outras crianças.

Por isso, se achares que tens um padrão de comunicação muito negativo para com o teu filho, repensa a tua forma de exprimir o teu amor.