AVISO: A produção e envio dos produtos disponíveis na Loja apenas será retomado a 18 de agosto.

Aditivos alimentares: O que são e quais os seus efeitos na saúde

Aditivos alimentares O que são e quais os seus efeitos na saúde

A indústria de alimentos tem como maior desafio manter a qualidade dos produtos, o aspeto saudável e o sabor pelo maior tempo possível. Uma das soluções para estes problemas são os aditivos alimentares.

Desta forma, os alimentos podem ser conservados durante mais tempo e mantêm-se atrativos para o consumidor.

Mas, será que estas substâncias afetam a nossa saúde? No artigo de hoje explico detalhadamente no que consistem e quais os possíveis efeitos dos aditivos.

Aditivos alimentares: Percebe porque podem trazer riscos à saúde

Os aditivos alimentares podem ser definidos como qualquer ingrediente adicionado aos alimentos que não tem o propósito de nutrição.

O uso destas substâncias visa alterar as características químicas, biológicas, físicas ou sensoriais do alimento durante o seu processamento.

Estes aditivos podem ser obtidos tanto de fontes naturais, como os espessantes, mas também podem ser sintetizados em laboratório.

Os aditivos alimentares mais comuns

Alguns aditivos são muito utilizados pela indústria de alimentos. Vais conhecer os principais já de seguida.

1 – Conservantes

Os conservantes são aditivos usados com o propósito de aumentar o tempo de duração dos alimentos.

Estes aditivos evitam a proliferação de bactérias, bolores, leveduras e quaisquer outros tipos de microrganismos. Também são capazes de evitar reações químicas que tornam o produto impróprio para o consumo.

2 – Corantes

Os corantes também são um tipo de aditivo alimentar comumente utilizado. O objetivo principal é realçar a cor dos produtos alimentícios.

Apesar de ser possível obter corantes naturais através de frutas e legumes, a indústria utiliza substâncias sintéticas. É principalmente usado em bebidas como refrigerantes e também nos doces.

3 – Aromatizantes

Os aromas naturais dos alimentos são, normalmente, sensíveis e voláteis, ou seja, desaparecem após um certo tempo.

Então, durante o fabrico de um produto, sobretudo quando a temperatura é elevada, o cheiro, que é fundamental para instigar o apetite, pode se perder.

Para isso a indústria recorre ao uso de aromatizantes que, são também, na grande maioria, sintetizados quimicamente.

4 – Antioxidantes

Estes aditivos são utilizados, basicamente, em produtos ricos em gorduras insaturadas. Como por exemplo, óleos vegetais e tudo que for preparado à base deles, como maionese e molhos para salada.

Os antioxidantes servem para evitar a reação de oxidação, que ocorre na presença de calor, oxigénio e traços de metais. A gordura sofre reações químicas, cujo resultado é um odor desagradável.

A maior parte dos antioxidantes utilizados pela indústria é sintético. Isso porque, para chegar ao efeito desejado, os naturais deveriam aparecer em doses muito elevadas. Isto poderia alterar as características sensoriais dos alimentos.

O consumo de aditivos alimentares tem algum risco para a saúde?

De facto, quando são consumidos em excesso, os aditivos alimentares podem apresentar alguns riscos para a saúde.

Alguns dos problemas associados a estas substâncias são:

  • Alergias
  • Doenças cardiovasculares
  • Doenças no intestino
  • Problemas gástricos
  • Cancro

Os alimentos industrializados, além dos aditivos, costumam ser ricos em gordura saturada. Isto inevitavelmente eleva os níveis de colesterol e as chances de desenvolver doenças cardiovasculares.

Também apresentam elevadas concentrações de sódio que, em excesso, causa o aumento da pressão arterial.

Uma das maneiras de evitar o consumo dos aditivos é consumir cada vez mais alimentos na forma natural ou orgânicos.   

Atualmente, muitos produtos já usam fontes naturais de aditivos, como frutas, especiarias e legumes, tornando-os mais saudáveis.

Sei que é difícil eliminar totalmente os alimentos industrializados das refeições. Porém, é importante manteres uma alimentação equilibrada e sempre que possível, dares preferência aos alimentos naturais.

Protege a tua saúde e aposta numa alimentação leve e equilibrada, através de produtos naturais e livres de aditivos alimentares!

PARTILHA ESTE ARTIGO