Consegues perceber a importância de ler os rótulos dos produtos que compras

Consegues perceber a importância de ler os rótulos dos produtos que compras

PARTILHA ESTE ARTIGO

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Alguma vez pensaste em ler os rótulos dos produtos que compras? Existem diversos alimentos que consumimos diariamente acreditando serem saudáveis. Mas, na verdade são nocivos à saúde.

Mesmo já tendo sido comprovado pela ciência os males causados pelos alimentos ultraprocessados, estes ainda estão entre os mais consumidos pela população. Isso ocorre essencialmente devido ao seu baixo custo e facilidade de aquisição.

Além disso, poucos se preocupam em ler os rótulos dos produtos durante as compras. Por isso muitas vezes acreditamos estar a comprar um alimento saudável, quando na verdade estamos a comprar algo que pode ser prejudicial à saúde.

Se ainda não te convenceste acerca da importância de ler os rótulos dos alimentos que compras, continua a ler este artigo e descobre o motivo pelo qual o deves fazer.

Ler os rótulos: Será que sabes o que estás a ingerir ao consumir determinados alimentos?

O paladar é algo muito pessoal. Porém existem algumas características que tornam alguns alimentos mais atrativos como o aroma, textura e sabor.

Entretanto, muitos dos produtos que consumimos são processados de forma a apresentarem estas características agradáveis de forma artificial. E, portanto estamos a ingerir um alimento repleto de compostos nocivos para a saúde.

Os conservantes também são outros grandes vilões dos alimentos processados, os quais consumimos diariamente. E isso ocorre muitas vezes sem sabermos ao certo o que estamos a ingerir.

Ler os rótulos vai mostrar-te o que de fato estás a consumir. Vê de seguida alguns exemplos do que acreditavas ser saudável, mas na verdade está repleto de produtos químicos.

1 – Sumo de laranja industrializado

Se acreditas que o sumo de laranja industrializado é tão natural quanto o sumo puro extraído direto da fruta, estás bastante enganada.

Experimenta ler os rótulos quando fores ao supermercado e comprova. Estas bebidas são compostas com altas doses de açúcar e corantes.

2 – Fiambre de Peito de peru

O fiambre de peru pode parecer uma ótima opção já que é um tipo de carne magra. Entretanto o industrializado é um alimento embutido e que apresenta muito sódio na sua composição.

O sódio em excesso é altamente nocivo para pessoas com problemas cardíacos e hipertensão arterial.

3 – Barras de cereais industrializadas

Outro grande equívoco é achar que as barras de cereais compradas no supermercado são alimentos saudáveis e ajudam na dieta.

Muito pelo contrário. Estes produtos contêm conservantes, aromatizantes e açúcares que os tornam tão calóricos quanto os biscoitos recheados.

4 – Tempero artificial

Achas mais prático utilizar um tempero pronto no dia a dia, ao invés de ervas e produtos naturais? Pois sabe que estás a ingerir uma grande quantidade de sódios, conservantes e aromatizantes que fazem mal à saúde.

Dá preferência para os temperos naturais, com alho, cebola e ervas frescas ou desidratadas.

5 – Iogurtes

Sabias que nem todos os iogurtes são saudáveis? Aqueles com diversos sabores são quase que totalmente artificiais e muito calóricos.

O iogurte natural é a melhor opção, e caso queiras um sabor mais agradável basta adoçá-lo com um pouco de mel.

Por que optar por produtos naturais?

Se te assustaste com as informações acima, deves estar a pensar o que fazer para deixar de ingerir tantos produtos prejudiciais à saúde.

O primeiro passo é dar preferência para os produtos naturais sempre que possível ou fazer em casa as próprias bases de pizza ou iogurtes.

Isso não quer dizer que deves deixar de comprar tudo do supermercado. Mas, deves sim estar atenta e ler os rótulos. Desta forma irás estar ciente acerca da composição daquele produto e compará-lo com outras opções que podem ser mais saudáveis.

Conhecer a origem dos alimentos é essencial para saber o que estamos a colocar dentro do nosso corpo. Por isso os produtos naturais são os mais indicados já que não sofrem processos químicos, são saborosos e não agridem a saúde.

DESCOBRE MAIS ARTIGOS

Como funciona a bioquímica das emoções
Saúde e Bem Estar

Como funciona a bioquímica das emoções

Quando falamos em emoções, logo pensamos em algo totalmente abstrato. Não é comum as relacionarmos com reações biológicas e químicas do corpo. Porém, os conceitos

5 tipos de difusores usados na Aromaterapia
Saúde e Bem Estar

5 tipos de difusores usados na Aromaterapia

Sabias que existem vários tipos de difusores que podes usar na Aromaterapia que potencializam os óleos essenciais? A inalação direta do frasco costuma ser uma